Katia Castilho, voz forte que encanta

Cantora conta curiosidades de sua trajetória e como enfrenta preconceitos trabalhando “na noite”

A inspiração maior vem das vozes brilhantes de Chitãozinho e Xororó, mas no coração o batuque do pagode também tem lugar reservado. E por mais estranho que possa parecer, espaço ainda maior ocupa a banda estadunidense Backstreet Boys, sucesso dos anos 1990. Essa miscelânea musical diz muito sobre a cantora Kátia Castilho, 38 anos, dona de um grave marcante e que brilha nas noites de Bauru e região com repertório predominantemente sertanejo – mas estilos variados integram sua playlist.

Crescida em um lar musical, Kátia Castilho acompanhou desde cedo a carreira e as composições do pai, o cantor e compositor Jotha Luiz Castilho, autor de “Rédeas do Possante”, interpretada por Zezé Di Camargo e Luciano, “Passa Lá”, com Trio Parada Dura, e “Bobeou a Gente Pimba”, que também fez sucesso com o Trio Parada Dura e foi regravada por Edson e Hudson. Também o irmão, Cristiano Castilho, do Grupo Sereno, serviu de referência para a menina tímida que descobriu na juventude que amava cantar.

 

 

Fonte: jcnet

Postagens Relacionadas